Como deixar algo partir

A minha alma fica livre ao finalmente aprender a dizer adeus ao fruto que está maduro.
Sempre soube da minha dificuldade pessoal em fazer despedidas.
Talvez você também tenha esta sensação estranha de medo de partir e perder algo.
Ou a ansiedade por não saber como será seu futuro sem o conhecido atual.
Eu vivo isso.
Com projetos, pessoas e parcerias.
Mas também sei que para que o novo chegue, é necessário criarmos espaços vazios que darão as boas vindas ao frescor da novidade.
Doidos são aqueles que querem o diferente ao fazerem repetidamente tudo igual.
Essa foi minha escolha e acho que finalmente passei na prova e aprendi a lição.
Tantas vezes pedimos que Deus nos livre de algo…
Que o Universo traga o novo…
Mas nos mantemos agarrados ao antigo como cracas em um barco naufragado.
Soltar, agradecer, deixar ir…
Com respeito, ética, dignidade e muita gratidão.
Pessoas, memórias, projetos, sonhos, idealizações, crenças….
Solte, deixe ir….
Como um barquinho de papel na enxurrada da calçada…
Observe como ele vai sem esforço, fluindo…
E você aguarda.
Sorri e confia.
Pois você é a doca, o píer.
Novas embarcações chegarão. Novos visitantes curiosos…
Esteja pronta para eles.
Vista sua melhor roupa, coloque um lindo sorriso no rosto e diga:
-Bem Vindo! Eu estava esperando por você! Pode entrar…

Compartilhar: